Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

António Neves

Natural de Ílhavo, António Neves nasceu na Vista Alegre a 13 de outubro de 1963.

 

Desde muito cedo se interessou pela pintura, ingressando aos 16 anos na Fábrica da Vista Alegre, onde começou por receber aulas de desenho e, um ano depois, de pintura. Os mestres Catarino e Armando Pimentel ensinaram-lhe os segredos do desenho e da pintura sobre a porcelana, que, aliados ao seu talento, permitiram a António Neves executar trabalhos de grande rigor e qualidade durante os cerca de 8 anos que permaneceu na Fábrica.

 

Em 1987, altura em que já era monitor de pintura no Centro de Criação Artística da Fábrica, optou por iniciar a sua carreira nas artes plásticas, elegendo a pintura a aguarela como a sua técnica preferida.

O seu percurso artístico conta com um rol enorme de exposições individuais e coletivas nas mais prestigiadas galerias do País e do estrangeiro, bem como os prémios que foi recebendo: a Menção Honrosa na FARAV II (1987), o 1º Prémio do I Salão de Artes Plásticas de Ílhavo (1990) e a distinção do Homem do Leme (2000).

 

António Neves assume-se como um aguarelista paisagístico, sendo já considerado um dos mais consagrados aguarelistas portugueses da atualidade, celebrando neste ano de 2007 o 20º aniversário de uma carreira de grande sucesso.

 

"A pintura de António Neves revela um profundo amor, brindando ao orvalho das manhãs, às brumas que descem sobre a paisagem e nela poisam um terno beijo, à neblina que paira na atmosfera, dissolvendo os contornos, diluindo as formas, amaciando a dureza de cada aresta, oferecendo um mundo adoçado pela melancolia do marulhar das águas e pelo odor do lodo da zona ribeirinha onde o artista nasceu e aprendeu a fazer poesia com pincéis, água e luz." - Cátia Mourão, Historiadora de Arte.


voltar à página anterior