Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Relatório e Contas referente ao ano de 2017

Cmilhavo 1 1024 2500
19 Abril 2018

O Executivo Municipal deliberou aprovar o Relatório e Contas referente ao exercício da Autarquia no ano de 2017.

As Contas e o respetivo Relatório e demais documentação de suporte refletem, de uma forma clara, transparente, rigorosa e objetiva a atividade da Câmara Municipal no último ano do Mandato Autárquico 2013/2017, tendo sempre como orientação a criação de riqueza aliada a um crescimento sustentável, a oferta de ações e serviços de qualidade e modernidade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e coeso do Município.
Os resultados financeiros alcançados espelham um trabalho afincado e uma gestão séria, resultando numa estabilidade financeira e redução de dívida que tiveram como corolário a saída antecipada do "Pacto de Ajustamento Financeiro" a que o Município estava sujeito desde 2012.

O montante total da receita de 2017 (receita do exercício do ano mais a integração do saldo de 2016), foi de 23.226.538,07 euros, atingindo o valor percentual de 85,10, superando a percentagem indicativa prevista na Lei das Finanças Locais.

No que respeita à despesa o valor pago em 2017 foi de 22.213.136,96 euros, sendo distribuída pela despesa corrente de 14.179.210,44 euros, e pela despesa de capital, designadamente de investimento no valor de 8.033.926,52 euros, evidenciando uma grande capacidade de controlo de custos e um considerável valor de investimento, tendo o nível de execução financeira da despesa paga atingido os 85,25%.

Quanto às Grandes Opções do Plano, e respetivo Orçamento, a sua execução financeira foi de 12.001.601,79 euros, correspondendo uma taxa de realização de 95,03%, atingindo um nível de investimento bastante significativo, fruto de um trabalho intenso, que culminou com a conclusão e o principiar de inúmeras obras, como o PEDU, a empreitada de Alteração Viária da Rotunda da Barra, o Centro Escolar da Gafanha da Aquém, a Requalificação da Escola da Marinha Velha, o novo Quartel da GNR de Ílhavo, a Casa da Música da Gafanha da Nazaré, a Casa Mortuária da Gafanha do Carmo, a Remodelação e Conservação do Parque Escolar, a Requalificação do Largo da Bruxa na Gafanha da Encarnação, a Rede de Drenagem de Águas e Resíduos Pluviais da Gafanha da Nazaré, a Requalificação de diversas pracetas e parques de estacionamento, requalificação de vias municipais, entre outros.

Além disso, foram também reforçados os apoios financeiros e logísticos às diversas Associações, às Juntas de Freguesia através dos Contratos Interadministrativos, e reforçado o investimento nos domínios da Educação, Ambiente, Juventude, Ação Social, Cultura, Turismo, Maior Idade, Desporto, contribuindo para a construção de um território mais afirmativo, inclusivo, solidário e desenvolvido, visando um maior crescimento económico, qualidade de vida e conforto social.

Relativamente à dívida bancária de médio e longo prazo, é contínua e continuada a sua descida e diminuição (menos 17,92% em relação a 2016) atingindo o valor de 10.541.018,06 euros. Quanto à dívida a fornecedores, incluindo as faturas em receção e conferência, o seu valor, de 3.058.151,76 euros, afigura-se perfeitamente equilibrado e ajustado à realidade do Município.

A eficaz gestão financeira e o bom equilíbrio orçamental, mantendo um significativo nível de investimento executado de forma sustentável, aliados a um controlo rigoroso da despesa, culminaram com um resultado líquido do exercício de 2017 no valor 2.946.632,36 euros.