Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Dr. Francisco António Marques de Moura

Nasceu em Aveiro, sendo seus pais António homem de Moura, farmacêutico responsável, e D. Maria Cândida. Desejando seguir a profissão de seu pai, cursou a Escola Médica do Porto, obtendo o diploma de farmacêutico de primeira classe.

 

Mais tarde, resolveu abraçar a carreira de médico, pelo que frequentou novamente a escola, formando-se aos 24 anos de idade e seguindo logo para Ílhavo como clínico municipal. Ainda estudante consorciou-se co D. Anunciação da Maia. Em Ílhavo, o Dr. Marques de Moura, pela sua afabilidade, tornou-se estimado por todos. Durante o impedimento de um dos professores do liceu de Aveiro, foi encarregado da regência da cadeira de introdução à História Natural, onde se evidenciou um professor erudito.

 

Foi também, durante alguns anos, inspetor das escolas do Distrito de Aveiro, deixando bem elaborados relatórios dos exames a que precedeu.

Desempenhou ainda outros cargos, em cujo exercício de funções foi sempre de uma escrupulosa retidão e assiduidade. O Dr. Marques de Moura foi para tudo e para todos consultado e o seu nome figurava em primeiro lugar sempre que se tratava de qualquer esforço ou empreendimento local.

 

Como presidente do Club Ilhavense, Bombeiros Voluntários e Associação de Beneficência, prestou relevantes serviços.

Eis em traços ligeiros quem foi o Dr. Francisco António Marques de Moura. Como clínico, abalizado e douto; como professor, proficiente e afável; como funcionário, autero e digno; como homem, bondoso, honrado e querido.

 

voltar à página anterior