Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Dr. António Gomes da Rocha Madail

Depois de ter concluído os estudos secundários nos liceus de Aveiro e Coimbra, matriculou-se na Universidade desta última cidade, primeiro na Faculdade de direito, depois na Faculdade de Letras (Filologia Romântica), que cursou com distinção.

 

Em 1920, com 27 anos de idade, era 3º oficial do Liceu José Falcão e foi o organizador da sua biblioteca. Em 1927 foi nomeado conservador geral da biblioteca da Universidade de Coimbra.

 

De 1951 a 1953 esteve equiparado a bolseiro do Instituto de Alta Cultura para o estudo da interferência da pirataria argentina nas navegações portuguesas.

 

Em novembro de 1934, juntamente com o Dr. José Tavares e a Dr.ª Ferreira Neves, resolveu fundar uma revista denominada "Arquivo do Distrito de Aveiro" e, logo no mês seguinte, para o levantamento da Revista, enviaram uma circular, largamente difundida pela região em que diziam: "que convencidos de que praticam um ato de utilidade e grande benefício, projetam publicar uma revista trimensal onde estejam registados documentos de interesse para qualquer das localidade no nosso distrito, e estudos sobre tudo quanto possa interessar à região, e onde, portanto, tenham especial cabimento a história, a geografia, a etnografia, a arte, a arqueologia, a heráldica, a genealogia, a filosofia, e a literatura relativas ao distrito de Aveiro.

 

O Dr. Rocha Madail foi o primeiro Diretor do Museu de Ílhavo e, antes mesmo de ser nomeado para um cargo de tanta confiança e responsabilidade, publicou o opúsculo que intitulou "Etnografia e História - Bases para a organização do Museu Municipal de Ílhavo".

 

voltar à página anterior